Buscar

Eis o Cordeiro



“Certa vez, João Batista viu a Jesus passando e disse a seus discípulos: Eis o Cordeiro que tira o pecado do mundo.


Jesus é o Cordeiro Pascal, e como tal, cumpriu todos os quesitos necessários para que sejamos livres da condenação do pecado.


No décimo dia do mês de Nissan, quando o Cordeiro de 1 ano era trazido para casa da família que iria sacrificá-lo, Jesus entrou em Jerusalém, para ser examinado no Templo até o décimo quarto dia pelos judeus.


No décimo quarto dia, quando o Cordeiro era amarrado às 9hs da manhã pelo sacerdote, Jesus estava sendo crucificado no Gólgota.


A exemplo do livramento experimentado pelos hebreus quando Deus passou e viu o sangue do Cordeiro nos umbrais externos da casa, Deus também livrou da morte a todos os que se apropriam do derramamento do sangue do seu filho na Cruz.


Às 15hs, quando o Cordeiro era sacrificado e queimado no altar do Templo, Jesus estava clamando: “Está consumado!” à exemplo do cordeiro que era consumido pelo fogo, para que nossos pecados fossem perdoados.” @lamartineposella 🐠


Que esses dias da Semana Santa sejam de muita meditação e entrega, queridos e queridas. Só assim a vida fluirá eternamente em nós, como fontes, rios e oceanos.


Amo vocês,


Ana.